a versão 2 do naPraia... o original começou em http://napraia.blogs.ca.ua.pt
pesquisar neste blog
posts recentes

E com este são 10.000 posts :)

SAPO Campus: uma experiência em desenvolvimento (resumo)

Quem é que na UA conhece o Sapo Campus UA?

"Where we go from here?"

Sapo Campus Escolas: Apresentação de conceito

Videojogos em LabMM 3/NTC/UA

Avaliação: 150 itens por aluno?

E se publicar um post significar alguma coisa para alguém?

Aveiro By Water video

Facebook: like + dislike = ?

arquivos

Fevereiro 2013

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2006
E-Learning Adventures Beyond the LMS (versão 2)
No seguimento da discussão (muito interessante!) que se tem vindo a realizar sobre LMS vs LCMS, lembrei-me de trazer novamente para primeiro plano um post que coloquei neste blog em Maio de 2006.

Godfrey Park, o autor do artigo em discussão, tem tendência para tomar algumas posições consideradas radicais mas que, na minha opinião, são muito interessantes e merecem uma leitura atenta. Apesar de ser alguém que está por dentro da "indústria" do e-Learning, consegue manter uma visão distante do funcionamento da lógica deste mercado, apresentar ideias inovadoras e questionar muitas das soluções que muitas vezes são vistas como definitivas e únicas.

Pessoalmente, a leitura deste artigo nos finais de 2004, alertou-me para uma série de questões para as quais nunca tinha dedicado a devida atenção. Estas questões lançaram-me numa investigação que me ajudou a abrir novos horizontes na construção de experiências colaborativas de aprendizagem. A face mais visível dos resultados dessa investigação é este blog e as experiências que tenho vindo a realizar em todas as disciplinas que lecciono.

O artigo mencionado no post original tem o título E-Learning Adventures Beyond the LMS.

Fico a aguardar os vossos comentários! :)

PS. O último artigo publicado no blog do autor mencionado tem informações que são muito interessantes e que no fundo reflectem também os resultados do inquérito que lancei no início da disciplina de TCEd, onde procurava saber os conhecimentos prévios na área das ferramentas e tecnologias da Web 2.0.
tags: , , ,

publicado por carlossantos às 22:48

De Ana Rita Pereira a 8 de Dezembro de 2006 às 14:27
Concordo com os comentários que foram feitos anteriormente. Como tem sido referido as LMS's não devem ser encaradas como a única solução do processo de ensino-aprendizagem, elas funcionarão sim como meio facilitador desse mesmo processo.
Primeiro é importante definir os objectivos e o contexto de cada situação para depois podermos decidir quais as ferramentas mais adequadas. Em algumas situações as LMS's podem ser a ferramenta mais eficaz, mas noutras situações poderão ser outras ferramentas as mais adequadas. Cada caso é um caso. Daí a necessidade de permanecermos sempre actualizados acompanhando a evolução no sentido de melhor adaptarmos as ferramentas que dispomos às diferentes situações que nos vão surgindo, de forma a dotarmos os alunos de poderes para que estes tenham a oportunidade de experimentar e partilhar conhecimentos, e se tornem cada vez mais activos na construção do seu próprio conhecimento. Para isso as ferramentas da Web2.0 vêm dar uma grande ajuda, no entanto é importante continuarmos sempre à procura de novas soluções.


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?



Email

Password



Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
tags

todas as tags

links
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários