a versão 2 do naPraia... o original começou em http://napraia.blogs.ca.ua.pt
pesquisar neste blog
posts recentes

E com este são 10.000 posts :)

SAPO Campus: uma experiência em desenvolvimento (resumo)

Quem é que na UA conhece o Sapo Campus UA?

"Where we go from here?"

Sapo Campus Escolas: Apresentação de conceito

Videojogos em LabMM 3/NTC/UA

Avaliação: 150 itens por aluno?

E se publicar um post significar alguma coisa para alguém?

Aveiro By Water video

Facebook: like + dislike = ?

arquivos

Fevereiro 2013

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Sexta-feira, 4 de Março de 2011
Questionário PhD - notas breves (1)

Recentemente lancei o questionário inicial para o meu doutoramento. Resumidamente, o principal objectivo deste questionário é conseguir obter um ponto de situação sobre o estado actual das "práticas de utilização da Internet pela comunidade académica da Universidade de Aveiro".

Após o lançamento oficial do Sapo Campus pretendo tentar perceber se a adopção de uma plataforma com estas características vai ter algum impacto ao nível dessas práticas de utilização. Este impacto deverá ser analisado em 3 dimensões: pessoal, aprendizagem e institucional.

Neste momento já terminaram o questionário mais de 200 pessoas. Alguns dados preliminares que me chamaram a atenção:

Na prática, todas estas respostas eram esperadas. Algumas das observações anteriores serviram inclusivamente de motivo para o desenvolvimento do Sapo Campus.

Nesta fase questiono-me sobre o interesse deste trabalho de investigação. Será investigação ter um questionário que apenas vem confirmar aquilo que são as nossas ideias sobre determinada área e que temos vindo a apresentar ao longo dos últimos 2 anos?

Eu sei que o processo é esse... mas parece-me que estou a perder tempo que podia aproveitar para novas ideias e novos projectos!


tags: , , ,

publicado por carlossantos às 16:52

5

De Lino Oliveira a 4 de Março de 2011 às 17:36
Que tal repensar a metodologia de investigação? :-)

Num pequeno inquérito que fiz há algum tempo numa das minhas UCs tinha obtido dados semelhantes relacionados com a utilização de feeds.

A "coisa" modificou-se quando passei a usar uma metodologia de lançamento e realização de trabalhos práticos e dinamização de temas em que o manter-se permanentemente a par das novidades era (é) essencial. Foi o mote para lhes apresentar os feeds e as ferramentas para os gerir (por ex. integração de feeds e Google Alerts no Google Reader).


De carlossantos a 4 de Março de 2011 às 22:17
Obrigado Lino!
Fiz algo desse tipo numa das últimas edições (penúltima?) da disciplina de Tecnologias da Comunicação em Educação do Mestrado em Multimédia em Educação.
Com o Sapo Campus pretendo demonstrar que a tecnologia disponibilizada pela instituição pode ter uma papel importante e influenciar comportamentos. Talvez seja um objectivo demasiado grande mas pretendo "prová-lo" com dados válidos para toda a instituição e sem uma influência directa das minhas acções enquanto docente.
Acho que não dá para chegar lá sem ter questionários com uma amostra representativa de toda a instituição.


De mlucas a 4 de Março de 2011 às 18:22
talvez devas adoptar a seguinte ideia: "já não vou pensar no que posso fazer por esta investigação, mas o que ela pode fazer por mim" :p

é muito importante e desejável que haja dados a confirmar o que há muito sabes. porque a maioria das pessoas não o sabe, nem imagina!

assim! concluis o processo formal da "coisa" e ficas com mais tempo para fazeres o que gostas! p. ex. dedicas-te a todas as outras (investigações) em que estás envolvido ;)


De mlucas a 4 de Março de 2011 às 18:27
fazeres.. lol


De carlossantos a 4 de Março de 2011 às 22:19
Tens toda a razão no que afirmas na primeira frase.
Pragmatismo precisa-se por estes lados. Muito! :)


Comentar post

mais sobre mim
tags

todas as tags

links
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post